Criando uma música original para o seu jogo.

Nesta vídeo aula você terá a oportunidade de aprender mais algumas coisas sobre a criação de uma música seja para o seu jogo ou onde quer que queira usar, no FL Studio, deixarei no final do artigo os links para que você possa adquirir os programas.

FL Studio – http://www.image-line.com/documents/flstudio.html
Addictive Drums – http://www.xlnaudio.com/productline/1
EWQL Symphonic Orchestra Virtual Instrument – http://www.soundsonline.com/Symphonic-Orchestra (Para quem tem uma internet com velocidade baixa, podem baixar o Miroslav Philarmonik, tem quase os mesmos recursos e é bem mais leve – http://www.ikmultimedia.com/products/philharmonik/)
RealLPC – http://www.musiclab.com/products/reallpc_info.htm
Guitar Rig 5 Pro – http://www.native-instruments.com/products/producer/guitar-rig-5-pro/
Projeto FLP do vídeo – http://www.mediafire.com/?3ajs8dbzsfb9zoq

Espero que gostem da vídeo aula, abraços.

Criando sua própria música DE QUALIDADE com o FL Studio 10

Primeiramente…

WTF is FL Studio?

Para quem não sabe o Fruity Loops Studio é um DAW (ou Digital audio workstation, no português “estação de trabalho de áudio digital”) criado pela Image-Line. O programa tem as mesmas características de um estúdio profissional, porém com a qualidade digital e versatilidade do PC. Isso permite que pessoas sem muitos recursos mas com criatividade e ouvido musical se dediquem à criação musical, independentemente do estilo preferido, seja house music, rock, reggae, reggaeton, R&B e vários outros. ASSOMBROSAMENTE, é usado por DJ’s como Afrojack, Laidback, Avicii, entre outros. Possui recursos avançados como:

  • Automação (método para criar sequências com as notas musicais).
  • Inserção de vários efeitos sonoros como Compreensão, Equalização e Reverberação.
  • Instalação de pacotes de som e plug-ins conhecidos como “VST’s” ou “VSTi’s” de forma a expandir o programa.
  • Recursos para utilização de MIDI externos (MIDI Out).
  • Criação de timbres e sínteses.
  • Controle de tempo musical.

Agora que já temos as nossas dúvidas resolvidas, mesmo que eu saiba que a dúvida de muitos não era essa, vamos lá aos passos que ensinarei sobre como criar sua própria música DE QUALIDADE com o FL Studio, quero dizer primeiro, que não sou nenhum profissional no programa, mas entendo o suficiente para criar uma música escutável e estimulante. Então, LET’S GO!

Instrumentos

Este sem dúvida o passo mais importante, a escolha dos instrumentos que você irá utilizar na sua música. Como podem ver na foto, escolhi dois instrumentos ou presets como é chamado esses VSTs no Fruity Loops, BooBass, que é uma espécie de baixo muito interessante, e o Harmless, que é um sintetizador muito legal, cria vários tipos de sons e é altamente configurável.

Introdução

O que eu costumo fazer frequentemente de introdução para as músicas que ando a criar, é criar uma introdução usando apenas o Harmless e o BooBass, e depois inserir as batidas com o Kick e o Hat para não ficar tão pesado, e isso dá um certo toque na música, introdução, é tudo, é preciso saber chegar BEM, para poder sair MELHOR AINDA.

Notas musicais

Para quem não entende de música, isso é o completo CAOS, porém, eu descobri alguns macetes musicais que funcionam no FL, provavelmente se você é um músico, deve estar rindo da minha ingenuidade e burrice acopladas. O macete é o seguinte, se usar notas sem acidentes elas combinaram (QUASE SEMPRE), por exemplo, D#5 e C#5, ou A#5 com C#4, apenas não devem estar misturadas com notas como B3, A3 entre outros. Este é o ponto mais forte na hora de criar as suas melodias, as combinações musicais, tente por tons agradáveis ao ouvido de quem escuta, isso é simplesmente essencial, e encantador. Há casos em que notas acidentadas  (como citado anteriormente) combinam com notas tônicas, é bem útil em solos e dá um toque especial na música.

Duplicar o baixo, com o segundo a um tom abaixo

Como já diz o título, é simplesmente isso, duplicar o baixo com as notas do clone um tom abaixo do principal, por exemplo no caso as notas do principal eram D#5, F#5, D#5, C#5, A#4 e G#4 então as notas do clone serão D#4, F#4, D#4, C#4, A#3 e G#3 como mostra a imagem. Isso dá um efeito interessante e torna o baixo mais presente na música, e isso também é um ponto importante na música, não deixar os instrumentos tocarem sozinhos, sem um acompanhamento grave para dar aquela pitada na música.

Então, espero que tenham gostado desse tutorial, e que deixem os seus comentários com opiniões (incluindo opiniões para novos tutoriais) para novos tutoriais no blog. Abraços e até breve.