Abrindo sua conta na LevelUp! – A líder em jogos online no Brasil.

Há muito tempo, para você acessar os tão “disputados” jogos da LevelUp, você precisa de 2 contas. A sua do jogo, que é qual você entrará in game e a sua LevelUp, que gerenciará as contas in game, etc.

Como criar:
1º – Você deve acessar o site da LUG (Clique para ir ao site).
2º – Lá, terá vários menus, divulgação de redes sociais, apresentação dos jogos, etc. Você irá ver a sua direita “Minha Conta” com as seguintes opções: “Acessar minha conta” (Para entrar na sua conta LevelUp e ter acesso ás contas de jogo) “Esqueci minha senha”(Se você esquecer sua senha, será imediatamente mandada á seu email) “Crie sua conta aqui”(Se você quiser criar uma nova account).  No caso, clicaremos em: “Crie sua conta aqui”. Já dentro, pediram suas informações como Usuário, seu Nome completo, seu email (Tudo isso para a maior segurança de sua conta, não precisa se preocupar). Preencha tudo, e crie sua conta.

3º – Agora é só escolher seu jogo, fazer o download, criar sua conta pro jogo escolhido e se divertir.

É isso galera, procurei fazer 1 tutorial rápido e objetivo, só para ajudar os iniciantes na LUG.

Abraços

Abrindo sua conta no 4shared

A pouco, não muito tempo, o site de compartilhamento de arquivos 4shared passou a exigir o login para que fosse possível fazer o download de qualquer arquivo que fosse, muitas das pessoas que não estavam acostumadas com o método não sabem como fazer isto, então, resolvi criar este tutorial. So, let’s go guys.

Primeiramente, na página inicial do 4shared, já pode ver um formulário de registro:

Além de poder efetuar login utilizando o Twitter, Facebook ou Google+, você também pode fazer o seu registro, que é o que vou ensinar hoje. Vamos lá. Primeiramente preencha os campos da seguinte forma:

  • E-mail: Seu e-mail, óbvio.
  • Password: Sua senha.
  • Confirm password: Sua senha novamente.

Então clique em Sign Up, e veja a tela a seguir:

Preencha os campos First Name e Last Name, com seu nome e sobrenome, logo então clique em Create account.

Logo verá a seguinte página:

Então, vá até o e-mail que usou para fazer o seu cadastro, confirme a sua conta, faça o login, e pronto. Espero que tenham gostado, até a próxima.

 

 

Criando um disco bootável para o Windows 7 em sua mídia removível

A Microsoft quer que o Windows 7 esteja em todos os PCs espalhados por este mundo, porém, alguns netbooks vêem sem o driver leitor de CD e DVD, foi por este motivo que eles inventaram o Microsoft Windows 7 USB/DVD Download Tool, ele lhe permite fazer a gravação de uma ISO ou DVD do WINDOWS 7, em um pendrive para o uso diversificado dos métodos de instalação. Neste tutorial ensinarei como fazer esta gravação em sua mídia removível, sigam os passos.

Programas Necessários

Instalação

Logo quando abrir o instalador, aparecerá uma janela como na foto abaixo:

Clique em Next.

Então aparecerá:

Clique em Install.

Então passará o processo de instalação:

E depois:

Basta clicar em Finish.

Poderá notar que aparecerá um atalho chamado “Windows 7 USB DVD Download Tool” na sua área de trabalho, como na foto abaixo:

Gravando a imagem

Clique duas vezes sobre ele, e verá a janela abaixo:

  1. Clique em Browse, e escolha a ISO que deseja gravar no seu pendrive, então clique em Next.
  2. Na próxima tela, escolha aonde deseja gravar esta ISO, você verá duas opções, USB device e DVD. Para este tutorial, você deverá escolher a primeira opção.
  3. Você verá uma outra janela na qual você deverá escolher minuciosamente a sua mídia removível, após isto, clique em Begin copying.

Você verá um processo de formatação, cópia e instalação da inicialização por boot, e logo receberá uma mensagem afirmando o sucesso da operação, caso ele formate, faça a cópia para o pendrive, porém não faça a instalação da inicialização por boot, você deverá usar o programa bootsect.exe, de uma forma mais acessível, ele se encontra dentro do DVD do Windows 7, dentro da pasta boot, basta abri-lo, copiá-lo para um outro local, para evitar erros, e pelo prompt de comando digitar:

[code]bootsect.exe/nt60 I:[/code]

Troque o I: pela letra da sua mídia removível. Vale lembrar que o bootsect.exe que vem dentro da pasta do Windows 7 é x64 ou 64 bits, ou seja, usuários de plataformas de 32 bits não terão sucesso ao usá-lo, então eu sugiro a baixarem o bootsect do link abaixo:

http://www.crocko.com/959773D989874A9DBA3630BB2C609EFB/bootsect.rar

Espero que este tutorial ajude a todos, e deixem seus comentários abaixo. Um grande abraço e até a próxima.

[Mega Tutorial] Criando jogos de RPG Maker

Olá galera, tudo bem? Então… hoje vim ensinar como fazer seu próprio jogo, utilizando o: RPG MAKER. Então, vamos lá!

Primeiramente, oque é o Rpg Maker?

O RPG Maker permite que os usuários criem seus próprios jogos de RPG e com algumas mudanças no sistema pode criar até outros tipos de jogos. A vantagem, e a graça, do RPG Maker está no fato de que qualquer pessoa pode criar um jogo, sem saber programar em alguma linguagem de programação. Basta ir clicando e “desenhando” seu jogo à sua maneira. É claro, você precisará de um tempo para se acostumar com o programa e aprender a mexer nele, e também, alguns tutoriais e dicas.

O RPG Maker surgiu nos anos 80 no Japão, e era um software criado para os computadores MSX, muito populares na época. Durante os anos 80, o RPG Maker virou febre no MSX e PC-98, plataformas comuns no Japão. Nos anos 90, o programa perdeu um pouco da popularidade conquistada no tempo do MSX.Várias versões saíram para os consoles, as mais famosas para Super Nintendo e Playstation. Entretanto, nenhuma das versões para consoles realmente emplacou, o que era esperado, já que nos consoles, digitar textos e mudar as configurações dos jogo não era nada fácil. Finalmente, em 1996, a ASCII (empresa desenvolvedora do programa) lançou o RPG Maker 95. O RPG Maker 95 foi o primeiro software para Windows que permitia que pessoas sem conhecimento técnico pudessem criar seus próprios jogos. O programa ficou famoso no Japão e trouxe uma avalanche de fãs e jogos. Essa febre ficou mais forte ainda, quando 4 anos mais tarde o RPG Maker 2000 foi lançado. A nova versão do programa trouxe várias inovações e a possibilidade de criar jogos mais facilmente e rapidamente. Na terra do sol nascente, os RPG Makers são chamados de Tkool, um apelido para o nome do programa em japonês, Tsukuru, que significa Criar ou Fazer.
O RPG Maker acabou aparecendo no ocidente quando um russo chamado Don Miguel traduziu e distribuiu em seu site o RPG Maker 2000. Don Miguel fez uma tradução não tão boa, mas ele acabou lançando o programa ao mundo ocidental, que, em pouco tempo, tornou-se muito popular. Muitas pessoas começaram a baixar o programa e criar jogos nele. Quase que instantaneamente, comunidades de “makers” (como começaram a ser chamados aqueles que criam jogos no RPG Maker) surgiram no mundo todo. Nessas comunidades, os makers discutiam sobre o programa, trocavam resources (recursos: gráficos, sons e músicas para jogos), criavam tutoriais, etc.
Assim como em outros países, o RPG Maker estourou aqui no Brasil também. Várias comunidades surgiram, entre elas: A Castelo RPG, a Universo RPG Maker, a Wolfpac e a CBRPG. Os makers brazucas tiveram muito destaque aqui e no exterior, tanto pela qualidade dos jogos, como pela técnica da maioria.
Atualmente

O RPG Maker teve duas versões lançadas nos últimos anos (2004 e final de 2007) que mudaram bastante o padrão que vinha sendo seguido pelo programa. Primeiro foi lançado o RPG Maker XP, em 2004, que apresentou muitas mudanças em relação aos programas anteriores, o RPG Maker 2000 e 2003. A versão XP trazia uma engine mais poderosa, com suporte à imagens 32-bit e músicas em formato MP3 e OGG. Além disso, o tamanho da tela dos jogos era de 640×480, o dobro das versões anteriores. Contudo, a mudança mais importante foi a inclusão de um sistema de scripts, baseado na linguagem de programação Ruby, muito popular no Japão e ganhando espaço no ocidente. Toda a engine do RPG Maker XP foi montada em cima desse sistema de scripts, conhecido como RGSS (Ruby Game Scripting System). No final de 2007, foi lançado o RPG Maker VX, uma “continuação” ao RPG Maker XP, embora hajam várias diferenças entre os programas. O VX apresentou uma facilidade maior ao se criar jogos, e também tornou a criação mais rápida. Um novo visual também deu as caras, e também uma versão atualizada e mais organizada do Ruby Game Scripting System.

Começando a “Criação”

O Maker, permite que uma pessoa comum, que não entenda nenhuma linguagem de programação, possa desenvolver o seu jogo. Para começar, só basta ter um idéia na cabeça, um pouco de paciência e muita dedicação. Os jogos criados, seguem o estilo “clássico” de RPG’s para Super Nintendo, como o famoso Final Fantasy. É muito fácil criar o seu próprio game com este programa, você cria falas, personagens, cria batalhas, e a criação dos mapas não pode ser mais fácil… você praticamente, desenha seu mapa da forma que quiser. (Pode colocar água, terra, fogo, casas, castelos, etc).

Abaixo, vejam uma imagen do editor de mapas do Maker VX:

RPG MAKERUma ferramenta essencial no RPG Maker é o Banco de Dados. O banco de dados guarda quase todas as informações do seu jogo, como os personagens, itens, armas, armaduras, monstros, etc. No banco de dados você pode criar, editar e gerenciar esses dados importantes do seu jogo. O RPG Maker já vem com um banco de dados completo para você usar em seus jogos, então, cabe a você dar uma customizada no banco de dados para dar mais cara ao seu jogo.

O que realmente faz a mágica acontecer e torna a criação de jogos no RPG Maker tão fácil, são os eventos e seus comandos. Quando alguém conversa com você, o monstro te ataca, você entra na loja pra comprar algo, etc. Tudo isso é um evento, e os acontecimentos são comandados por comandos de eventos. O RPG Maker possui dois modos de edição: a edição de mapas e a edição de eventos. Depois de terminar o desenvolvimento do seu mapa, você passa para a parte dos eventos, onde você criará oque vai acontecer ali. Pessoas caminhando, com quem o jogador poderá conversar, monstros que irão atacar o jogador, etc. Os comandos de evento são o “roteiro técnico” de seu jogo.

No RPG Maker você também encontra várias outras ferramentas que você utilizará durante a criação do jogo, como o Resource Manager, onde você pode importar gráficos, sons e músicas para seu jogo, o Teste de Som, onde você pode ouvir as músicas e sons de seu jogo, e o Editor de Scripts, que é onde toda a ação relacionada a programação acontece. Você pode criar um jogo sem sequer abrir o Editor de Scripts, mas, para usuários avançados (ou curiosos), ele é uma ferramenta muito útil.

Requerimentos Mínimos

Microsoft Windows 2000 / XP / Vista
Intel Pentium III 1.0GHz ou superior
Memória RAM de 256 MB ou superior
Suporte à resolução 1024×768 High Color (24 Bit) ou superior
Suporte à DirectSound e DirectX 8 ou superior instalado
100MB de espaço livre em disco

Configuração Recomendada

Microsoft Windows XP ou Vista
Intel Pentium 4 2.0GHz ou superior
Memória RAM de 512 MB ou superior

Ficha de criação de personagem

Básico

Nome Completo:
Significado:
Apelidos:
Significado: [Como surgiu e panz]
Idade atual:
Onde mora:
Idade que aparenta:
Aniversário:
Signo Astrológico:
Espécie:
Sexo:
Religião:
Alergias:
Orientação Sexual:
Modo de falar:
Status de Racionamento:
Ocupação:
Música Tema:
Onde preferem viver:

Aparência

Cor do Cabelo:
Estilo e comprimento do cabelo:
Cor dos Olhos
Peso:
Altura:
Roupa/Estilo de roupa:
Anormalidades:
Marcas Diferenciais:
Maquiagem / Cuidados pessoais:
Primeira impressão das pessoas sobre ele ou ela:
Cor da pele:
Tipo de corpo:
Expressão normal:
Postura:
PIERCINGS:
Descreva a voz dele/dela:
Arma de escolha:

Relações

Mãe:
Como é a relação entre ambos:
Pai:
Como é a relação entre ambos:
Irmãos/Irmãs:
Como é a relação entre ambos:
Filhos:
Como é a relação entre ambos:
Outros parentes:
Amores do Passado:
Amor Atual:
Reação ao conhecer uma pessoa nova:
Habilidade de trabalhar em grupo:
Quão sociável:
Amigos:
Animais de estimação:
Pior tipo de pessoa:
Tipo de pessoa que ele ou ela é:
Afinidade com:
Ídolos:
Inimigos:

Personalidade

Características Positivas:
Características Negativas:
Cor favorita:
Comida Favorita:
Animal Favorito:
Instrumento Favorito:
Elemento Favorito:
Odeia/Não gosta de que cor:
Odeia/Não gosta de que comida:
Animal que odeia/não gosta:
Instrumento que odeia/não gosta:
Elemento que odeia/não gosta:
HOBBIES:
Temperamento Usual:
Bebe, Fuma, Drogas:
Versão Dark de si mesmo:
Versão Ligth de si mesmo:
Quanto sério ele é:
Classe num RPG: (caso ele fosse jogar um, qual classe seria?)
Acredita em fantasmas:
(in) Dependente:
Fobias/ Medo:
Estabanado VS Cuidadoso:
Tipo de Musica:
Tipo de Filme:
Tipo de Livro:
Tipo de Jogo:
Temperatura confortável:
Arrumado vs Bagunçado: clean or messy, or in between
Bicho de estimação que deseja:
Como eles passam o tempo livre:
Maior Segredo:
Que animal ele seria:
Medos:
Habilidades Especiais/Magia:
Como conseguiu a magia:
Fez alguma coisa pra ter problemas com a lei:
Qual dos 7 pecados capitais ele mais tem:
Qual das “7 virtudes” ele tem?: (Castidade, Generosidade, Temperança, Diligência, Paciência, Caridade, Humildade)
Estilo de dança:

Como ele age se ele estiver…

Triste:
Feliz:
Nervoso:
Com medo:
Amando alguém:
Odiando alguém:
Quando quer algo:
Confuso:

Como eles reagem à/ao/quando….

Perigo:
Alguém que odeia está apaixonado por ele:
Proposta pra Casar:
Morte de alguém querido/amado:
Jogo/matéria/etc difícil:
Machucados em geral:
Uma coisa irresistivelmente fofa:

História

Biografia:

Conhecimentos

Línguas: quantas e quais?
Nível de Escolaridade:
Matéria favorita:
Interesse em que emprego:

O quão bom ele é em….

Quebra-cabeças em geral:
Matemática
Inglês:
Geografia:
Cozinhar:
Costurando:
Mecânica:
Botânica:
Mitologia:
Drama:

Romance

Ele toma iniciativa:
Como age:
Uke [passivo] VS seme [ativo]:
Amor verdadeiro VS Testando diferentes pessoas:
Protetor:
Age que nem amigos ou amantes:
Que tipo de presentes compra:
Quer filhos:
Quer casar:
É romântico:
Ciumento:
Casar por dinheiro:
O que acontece no tão sonhado encontro:

Então é isso galera, não é tudo… mais já é de grande ajuda e grande conhecimento pra quem não conhece o jogo, espero ter ajudado.

Abraços.

Resolvendo o problema de desconexão automática com o Windows Live Messenger

Formatei o meu computador recentemente, e infelizmente, após instalar o WLM me deparei com este pequeno erro que já vi correr muito pela internet, o erro é algo bem simples, porém, chato demais. Após conectar-se ao WLM, após alguns segundos ele automaticamente DESCONECTAVA e voltava para a página de login, acusando algum erro na conexão, porém, não havia erro algum. Nunca tinha visto uma solução para o tal, e então, fui pesquisar a respeito, até que encontrei a solução, é algo bem simples e espero que funcione com todos, como funcionou comigo.

Abra o seu disco rígido em que fica o sistema operacional, e vá para a seguinte localidade C:/Arquivos de Programas/Windows Live/Contacts (não se esqueça de moldar o endereço acima de acordo com o seu disco rígido principal, plataforma gráfica do SO e o próprio Sistema Operacional), após chegar a localidade correta, procure o arquivo wldlog.dll e delete-o, assegure-se de que o WLM esteja fechado durante este processo. Logo então, abra o WLM, faça o login novamente e teste.

Qualquer dúvida ou erro, deixe seu comentário, abraços.

Guia definitivo: Desabilitando pedido de atualização do Windows Live Messenger 2009 sem perder o MSN Plus!

Garanto que você já deve ter tido esse problema (principalmente usuários do Windows XP, cujo qual não aceita a nova versão do WLM) ao abrir o seu Windows Live Messenger 2009 nos tempos de lançamento do 2011/2012, e se deparado com a temida janelinha de atualização, que o levaria a fazer loucuras para ingressar em sua conta. Então, depois de muita procura encontrei uma solução que não impedisse o uso do MSN Plus, muito bom não? Qual o truque? Simplesmente Messenger Link Reviver. Ele faz uma pequena modificação no seu WLM e o livra dos pedidos de atualização, sem prejudicar o seu MSN Plus, maravilhoso, não?

Como usá-lo?

Basta acessar este site [http://messengergeek.wordpress.com/2010/11/21/messenger-link-reviver-for-windows-live-messenger-2009/], clicar em Download the Messenger Link Reviver zip file, baixar o arquivo que provavelmente zipado, extrair, abrir o arquivo executável que derivará da extração, logo então, clicar em Start, esperar, e logo então, abrir o WLM, e testar.

Quaisquer dúvidas deixem comentários, abraços e até o próximo tutorial.

Criando boot de qualquer imagem de disco para suas mídias removíveis com o UNetbootin

Pra você que guarda as suas imagens de sistemas operacionais no HD, e se encontra numa situação em que imprensou todos os seus cds/dvds de instalação e nunca mais trouxeram, porém nessa mesma situação se encontra a necessidade de “reinstalar o seu sistema” (nada de Pitty, por favor) e então? O que faremos?

Eu conheço a solução para o seu problema, e vamos falar dela aqui, hoje, neste post, estou falando do UNetbootin, com ele você pode fazer uma espécie de gravação das imagens para suas mídias removíveis, ou até mesmo, baixar por ele os sistemas operacionais que desejar, é realmente muito útil, para quem estiver interessado o link para download estará no final do post.

O PROGRAMA roda em Windows, Linux e Mac OS X e tem uma interface gráfica extremamente objetiva para o usuário, vejam só:

Criando um boot

Bom, criar um boot no programa é algo MUITO, MUITO, mas MUITO simples mesmo! A primeira coisa a se fazer é selecionar a imagem que quer gravar, ou o sistema operacional que quer baixar (infelizmente ele só faz o download de SO Linux) escolher a unidade e clicar em OK, em alguns minutos ele fará a gravação e você já poderá rebootar o computador para fazer o boot, (para quem não sabe, para escolher o boot opcional na hora da inicialização, basta apertar F8 ou F9, se não me engano, mas acredito que não seja com todas as placas, por via das dúvidas, configure no setup para o boot carregar o USB).

Foi um tutorial breve, mas espero que gostem, abraços e até logo.

http://unetbootin.sourceforge.net/ 

Melhorando o desempenho do seu computador

Garanto que muitas das pessoas que usam computador (para quem ainda usa PC) sofrem com esse mau, é realmente algo intrigante e estressantemente chato! Sofro com esse pequeno problema a um bom tempo, então, tenho uma vasta experiência quando se trata de otimização, e vou dar algumas dicas para quem quer otimizar cada vez mais a sua máquina, vou listar alguns índices e neles irei falar a respeito de variados assuntos que podem ajudar a melhorar o desempenho do seu computador, LET’S GO LITTLE GUYS.

Instale apenas o que utiliza

Qual a necessidade de deixar o seu computador entupido com programas que você não utiliza? Além de ajudar a pesar o sistema operacional é desnecessário, então, desinstale tudo aquilo o que você não costuma usar com frequência.

Deixe seu sistema operacional vago

Como deixar seu sistema operacional vago? Eu recomendo a ter sempre duas partições, na segunda coloca todo o lixo que não tem necessidade de ficar no sistema operacional, e no HD em que o SO fica deixe o que for necessário apenas, assim a partição principal ficará mais livre, ajudando assim a melhorar a velocidade do seu computador.

Limpe o computador frequentemente

Não, não estou mandando você pegar um pano com Urca Maxx e passar sobre o teclado, monitor e CPU. Me referi a limpeza com programas especializados nisso, como CCleaner, Wise Disk, Argente e dentre outros programas, faça isso frequentemente na semana, além de abrir um baita espaço livre no seu HD, ajuda no desempenho de uma forma incrível, I ADVISE! :)

Por enquanto é só isso, quem tiver mais dicas de como melhorar o desempenho do computador, deixe seu comentário abaixo, abraços.

Criando sua própria música DE QUALIDADE com o FL Studio 10

Primeiramente…

WTF is FL Studio?

Para quem não sabe o Fruity Loops Studio é um DAW (ou Digital audio workstation, no português “estação de trabalho de áudio digital”) criado pela Image-Line. O programa tem as mesmas características de um estúdio profissional, porém com a qualidade digital e versatilidade do PC. Isso permite que pessoas sem muitos recursos mas com criatividade e ouvido musical se dediquem à criação musical, independentemente do estilo preferido, seja house music, rock, reggae, reggaeton, R&B e vários outros. ASSOMBROSAMENTE, é usado por DJ’s como Afrojack, Laidback, Avicii, entre outros. Possui recursos avançados como:

  • Automação (método para criar sequências com as notas musicais).
  • Inserção de vários efeitos sonoros como Compreensão, Equalização e Reverberação.
  • Instalação de pacotes de som e plug-ins conhecidos como “VST’s” ou “VSTi’s” de forma a expandir o programa.
  • Recursos para utilização de MIDI externos (MIDI Out).
  • Criação de timbres e sínteses.
  • Controle de tempo musical.

Agora que já temos as nossas dúvidas resolvidas, mesmo que eu saiba que a dúvida de muitos não era essa, vamos lá aos passos que ensinarei sobre como criar sua própria música DE QUALIDADE com o FL Studio, quero dizer primeiro, que não sou nenhum profissional no programa, mas entendo o suficiente para criar uma música escutável e estimulante. Então, LET’S GO!

Instrumentos

Este sem dúvida o passo mais importante, a escolha dos instrumentos que você irá utilizar na sua música. Como podem ver na foto, escolhi dois instrumentos ou presets como é chamado esses VSTs no Fruity Loops, BooBass, que é uma espécie de baixo muito interessante, e o Harmless, que é um sintetizador muito legal, cria vários tipos de sons e é altamente configurável.

Introdução

O que eu costumo fazer frequentemente de introdução para as músicas que ando a criar, é criar uma introdução usando apenas o Harmless e o BooBass, e depois inserir as batidas com o Kick e o Hat para não ficar tão pesado, e isso dá um certo toque na música, introdução, é tudo, é preciso saber chegar BEM, para poder sair MELHOR AINDA.

Notas musicais

Para quem não entende de música, isso é o completo CAOS, porém, eu descobri alguns macetes musicais que funcionam no FL, provavelmente se você é um músico, deve estar rindo da minha ingenuidade e burrice acopladas. O macete é o seguinte, se usar notas sem acidentes elas combinaram (QUASE SEMPRE), por exemplo, D#5 e C#5, ou A#5 com C#4, apenas não devem estar misturadas com notas como B3, A3 entre outros. Este é o ponto mais forte na hora de criar as suas melodias, as combinações musicais, tente por tons agradáveis ao ouvido de quem escuta, isso é simplesmente essencial, e encantador. Há casos em que notas acidentadas  (como citado anteriormente) combinam com notas tônicas, é bem útil em solos e dá um toque especial na música.

Duplicar o baixo, com o segundo a um tom abaixo

Como já diz o título, é simplesmente isso, duplicar o baixo com as notas do clone um tom abaixo do principal, por exemplo no caso as notas do principal eram D#5, F#5, D#5, C#5, A#4 e G#4 então as notas do clone serão D#4, F#4, D#4, C#4, A#3 e G#3 como mostra a imagem. Isso dá um efeito interessante e torna o baixo mais presente na música, e isso também é um ponto importante na música, não deixar os instrumentos tocarem sozinhos, sem um acompanhamento grave para dar aquela pitada na música.

Então, espero que tenham gostado desse tutorial, e que deixem os seus comentários com opiniões (incluindo opiniões para novos tutoriais) para novos tutoriais no blog. Abraços e até breve.

Criando uma página no Facebook para sua empresa, site, marca ou produto

Criar uma página no Facebook, para maioria de nós frequentadores da rede social é algo bem comum, não? Mas por incrível que pareça, muita gente tem dificuldade com isso. Então, criei este tutorial, simples e prático para ajudar os que precisam. Farei uma lista de alguns passos sem numeração, apenas em sua ordem correta.

Acesse o link https://www.facebook.com/pages/create.php.

Logo verá uma página como na foto abaixo:

Escolha o tipo de página que deseja criar, e logo então verá uma outra página parecida com a foto abaixo, dependendo do tipo de página que escolheu:

Ou:

Agora basta preencher os campos, aceitar os termos de acordo, clicar em Começar, e pra frente o Facebook coordenará com você os passos, nada muito complicado. Acho que o mais difícil mesmo é encontrar o link para criar as páginas, o resto é desenrolável ou deduzível.